domingo, 3 de abril de 2016

Guia rápido sobre as paralimpíadas no Rio de Janeiro 2016

Se você é uma daquelas pessoas que está meio por fora das paralimpíadas de 2016, fique tranquilo!! *Fiz um guia com informações e curiosidades sobre o  evento para você não fazer feio nas rodinhas de amigos.

Tudo junto e misturado
  
As paralimpíadas são realizadas quase um mês depois das olimpíadas, até porque tudo tem que estar devidamente adaptado e organizado para que os jogos ocorram sem problemas.

Um lugar chamado Brasil

Sim, no mesmo país e cidade das olimpíadas. As competições são feitas em 21 locais diferentes espalhados em quatro regiões do Rio de Janeiro (Barra, Deodoro, Maracanã e Copacabana).

A primeira vez a gente nunca esquece

Uma das coisas mais legais sobre o evento olímpico é que é a primeira vez que ele acontece na América do Sul. Vale lembrar que até hoje foram realizadas 15 edições dos Jogos Paralímpicos de Verão, sendo 7 na Europa, 3 na América do Norte, 4 na Ásia e 1 na Oceania.

Números

Em 2016, temos duas novas modalidades na categoria olímpica; canoagem e triatlo. São 23 esportes disputados em 11 dias de competições, 528 provas com medalhas divididas entre 264 masculinas, 226 femininas e 39 mistas. 4.350 atletas vindos de 176 países

Mais números ..

Você sabia que para esse evento todo acontecer, o Comitê Rio 2016 precisou de 25 mil voluntários, 45 mil terceiros e 5 mil funcionários. Foi preciso também 3.5 milhões de refeições, 2.300 mil vendas para goalball, 3.142 mil alvos do tiro com arco e 10 mil camas. 

A canoa não virou

Com origem na Groelândia, o caiaque era utilizado por esquimós como meio de transporte e de suporte para a pesca. Na canoagem, eles são adaptados de acordo com as habilidades funcionais de cada pessoa. Os atletas devem completar no menor tempo possível um trajeto
de 200m em linha reta.

Três não é demais

Apesar de ser um esporte recente, o paratriatlo está presente em mais de 60 países. Basicamente o atleta tem que ter fôlego e disposição, são três modalidades em uma. Completa a prova quem fizer 750m de natação, 20 km de ciclismo e 5 km de corrida em menos tempo.

Mas antes escrevia Paraolimpíada

Verdade, a mudança de nome foi anunciada em 2011 para igualar ao uso de todos os países de Língua Portuguesa. A palavra sem a vogal já era usada pelos outros sete países que têm o português como língua oficial (Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste).  Termo vem do inglês "paralympic", que mistura o início do termo "paraplegic" e com o final de "olympics" para designar o atleta paralímpico

Fonte: site Rio 2016/ site ebc

*Texto feito para o site experimental do curso Técnico em Multimídia   

Nenhum comentário: